3429 Casas para alugar

Itacoatiara, Niterói - RJ

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 300m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 5 7 2 300 550
Rua São João, 497 - Miolo da Granja, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 447900m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 8 10 447900 447900
Jardim Guedala, São Paulo - SP

Casa para Venda/Aluguel com 6 Quartos, 572m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
6 1 6 7 572 794
Santa Mônica, Florianópolis - SC

Casa para Aluguel com 5 Quartos, 800m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 5 8 10 800 1454
São Francisco, Niterói - RJ

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 493m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 2 2 3 493 0
Rua Platina, 48 - Granja Viana, Jandira - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 532m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 1 1 3 532 1037
Alphaville, Barueri - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 555m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 2 4 555 560
Rua Odair Martins, 505 - Chácara São João, Carapicuíba - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 211420m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 7 5 211420 211420
Alphaville, Santana de Parnaíba - SP

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 2300m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 5 10 16 2300 3500
Rua Itapemirim, 1121 - Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 305m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 3 7 3 305 882
Rua São João, 497 - Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 1093m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 8 10 1093 4479
Vila Santo Antônio, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 1013m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 8 4 1013 4479
Estrada Tupi Paulista, 81 - Chácara Granja Velha, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 279780m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 2 8 8 279780 279780
Rua Ouro Preto, 232 - Chácara das Paineiras, Carapicuíba - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 214300m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 7 6 214300 214300
Estrada Tupi Paulista, 81 - Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 550m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 2 8 8 550 2797
Rua Tomé de Souza, 61 - São Paulo II, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 1002m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 6 4 1002 1002
Quadra SHIS QL 8 Conjunto 1 - Setor de Habitações Individuais Sul, Brasília - DF

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 1400m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 5 12 6 1400 1087
Granja Viana, Carapicuíba - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 472m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 3 5 472 2114
Estrada Normândia, 1271 - Villagio Fiesoli, Cotia - SP

Casa para Aluguel com 3 Quartos, 255m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
3 3 3 2 255 252
Paysage Noble, Vargem Grande Paulista - SP

Casa para Venda/Aluguel com 3 Quartos, 250m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
3 3 4 6 250 600
Rua Odair Martins, 505 - Granja Viana, Carapicuíba - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 472m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 4 6 5 472 2114
Rua VC-1 - Enseda dos Corais, Cabo de Santo Agostinho - PE

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 166m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 0 2 6 166 810
Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 550m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 2 8 8 550 2797
Rua Manoel Pereira Leite, 79 - Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 4 Quartos, 160m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
4 1 3 3 160 160
Alameda Sausalito, 17 - Granja Viana, Cotia - SP

Casa para Venda/Aluguel com 5 Quartos, 405m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
5 4 6 2 405 1000
Boqueirão, Praia Grande - SP

Sobrado para Aluguel com 2 Quartos, 75m²

Quartos Suites W.C. Vagas M2 M2T
2 0 1 1 75 100

Conheça o Brasil e todas suas 3429 oportunidades imobiliárias região.

Que tal filtrar mais a sua pesquisa para encontrar o imóvel perfeito para você e sua família?! Aqui se encontra os melhores casas para Aluguel em SP, RJ, PE, SC, RN, ES, CE, RS, PB, GO, DF, MG, TO

Veja também outros tipos de imóveis para alugar em :

Casas para alugar

A grande maioria das pessoas não tem dinheiro para realizar a compra de um imóvel diretamente e, por isso, recorrem aos financiamentos dos bancos para ter acesso à sua casa própria.

Em muitos casos, essa pode não ser uma boa ideia. Mais uma vez vamos lembrar, as análises que estamos fazendo levam em conta apenas o ponto de vista financeiro, que não deve ser a única coisa considerada na hora de adquirir seu imóvel.

Uma saída para os altos juros dos bancos seria guardar e investir o dinheiro, no entanto, você pode duvidar que chegaria ao valor do imóvel que quer adquirir não é mesmo? Vamos realizar uma pequena simulação para que você possa repensar sua opinião.

Vamos imaginar um imóvel de 65 m², que está avaliado em R$ 473.000,00 reais e que o aluguel para uma residência nos mesmos padrões está em R$2.147,00 por mês.

Pois bem, existem diversas instituições financeiras que realizam o financiamento de imóveis, mas, por se tratar das menores taxas vamos realizar nossa simulação levando em conta os valores apresentados pela Caixa.

Os juros ficam em torno de 8%+TR, o prazo para financiamento é de 240 meses. Nesse caso a parcela ficará em torno de R$4.407,24 e o valor final repassado ao banco ao se realizar todos os pagamentos será de incríveis R$1.057.738,00. Isso mesmo, mais de um milhão de reais por um imóvel que custa menos da metade disso.

Mas e o aluguel? Bom, lembrando que para alugar o valor fica em R$2.147,00, sobram R$2.260,00 para se investir em algumas das alternativas mais conservadoras.

Em 179 meses, cerca de 5 anos antes do previsto, você terá o dinheiro para realizar a compra do imóvel à vista. Caso continuasse investindo pelo mesmo tempo do financiamento chegaria a R$670.492,59, podendo até mesmo comprar um imóvel maior ou mais bem localizado.

Então, qual é o motivo que leva as pessoas a buscar pelo financiamento em vez de investir os valores e se livrar dos altos juros do banco? A comodidade e a necessidade de se mudar para seu imóvel o mais rápido possível.

Como já dito, nossa análise é puramente financeira, contudo, é preciso levar outras situações em conta para entender qual é realmente a melhor opção. A grande maioria das pessoas não conseguem manter um compromisso de investimentos regulares.

Com isso, para elas, a melhor opção é realmente realizar o financiamento, caso contrário não conseguirão a longo prazo, realizar a compra de sua casa apenas por meio de economias.

Infelizmente não há no Brasil uma educação financeira para se poupar, além de que muitas pessoas não sabem que quando financiam um imóvel estão pagando o valor de dois ou até mesmo três.

Outro ponto a ser levado em consideração é a questão da valorização do imóvel em relação a sua localização. Nem sempre uma residência aumentará de valor. É comum que o preço caia de acordo com certas questões. Esse ônus ficará com o dono da propriedade, ou seja, quem aluga não é afetado.

É importante lembrar também que a compra de um imóvel, mesmo sendo lembrado algumas vezes como um investimento, não é. Uma residência é um patrimônio, pois não gera retorno, apenas gastos.

O que é melhor: casa ou apartamento?

Esse é uma daquelas perguntas que definem as pessoas como você prefere cão ou gato? Inverno ou verão? Casa ou apartamento? Cada uma das opções no último caso tem as suas vantagens e desvantagens.

Na hora de adquirir seu imóvel é preciso levar diversas questões em consideração para que a escolha não acabe por causar uma frustração ou arrependimento após a compra. No caso de um aluguel é muito mais simples, pois basta mudar-se após o final do contrato. Contudo, em uma compra, as coisas complicam um pouco mais.

- Vantagens de uma casa

Por mais que vejamos o grande crescimento no número de prédios, essa realidade ainda é muito comum em grandes centros, sendo que na maioria das cidades do Brasil, as casas são o tipo de moradia predileta.

Dados do último censo realizado pelo IBGE em 2010, apontam que cerca de 87% das 143 milhões de residências próprias são casas, sendo que apenas 11% são apartamentos. Entre as vantagens desse tipo de moradia estão:

- Mais espaço

Mesmo que existam diversos layouts de casas, na média, uma residência como essa tende a ter muito mais espaço que um apartamento. Geralmente esse tipo de construção mantém mais metros quadrados e conta com mais quartos.

Além disso, existe a possibilidade de expansão de acordo com o tamanho do terreno em que o local foi construído, permitindo um melhor uso de todo o espaço. Ainda é possível contar com a área externa, varandas e quintais, um dos maiores pontos positivos.

- Nenhum gasto com condomínio

Ao adquirir uma casa não nenhum tipo de cobrança extra ou obrigação além das relacionadas as cobranças fiscais, impostos e tributos públicos. Ou seja, sem taxas mensais como ocorre em um apartamento.

Claro que existem exceções. Você pode adquirir uma residência dentro de um condomínio fechado, no qual será necessário contribuir mensalmente para a sua manutenção. Fora esse fato, podemos dizer que comprar uma casa pede um investimento único, enquanto que um apartamento necessita de pagamentos extras mensais.

- Mais liberdade

Ao se mudar para a sua casa você não depende de nenhum tipo de regra imposta por um concelho formado por outros moradores, como acontece em um condomínio.

Caso você queira dar uma festa em seu jardim, não há necessidade de reserva do espaço. Você pode criar um bichinho de estimação no quintal sem nenhuma ressalva. Todas as mudanças e alterações do layout da residência estão por sua conta.

Todas essas questões geram um senso de liberdade sobre o seu imóvel muito maior do que quem escolhe viver em um apartamento e acaba tendo de acatar todas as suas condições.

- Desvantagens de uma casa

Claro que toda opção vantajosa conta também com alguns problemas que podem surgir e devem ser levados em consideração na hora de se mudar para uma nova residência.

 - Maior atenção à segurança

Infelizmente, uma casa é muito mais vulnerável em questões de segurança que um apartamento, sendo facilmente alvo de ataques e tentativas de invasão. Caso você e sua família passem muito tempo fora, esse pode ser um grande problema, caso a sua não conte com sistemas de segurança.

Por conta disso, proprietários desse tipo de moradia se sentem inseguros e desguarnecidos quando tem de realizar viagens ou manter sua casa fechada durante um longo período.

- Necessidade maior de manutenção

Quando contamos com o fato de que em uma casa há liberdade para se realizar todas as melhorias que o bolso permitir é preciso lembrar que toda a responsabilidade por sua manutenção recai totalmente sobre o proprietário.

Caso você não tenha um conhecimento básico sobre como manter uma residência e verificar a necessidade de reformas ou reparos, será necessário contratar alguém para fazê-lo, o que pode gerar custos altos a depender do serviço.

 - Vantagens de um apartamento

O apartamento é a outra opção para quem está pensando em se mudar, seja comprando o próprio imóvel ou até mesmo alugando um novo lar. Essa opção está em pleno crescimento e cada vez mais brasileiros têm optado por morar em espaços como esse.

Isso porque, em grandes centros, é difícil encontrarmos casas em locais que permitam a rápida locomoção, sendo que o apartamento surge como uma saída para estar melhor localizado por preços mais acessíveis. Entre as vantagens desse tipo de moradia temos:

- Mais conveniência

Em um apartamento toda a manutenção do prédio é realizada por equipes contratadas sob supervisão do síndico e tarefas como a mudança da fachada é realizada sem que você ou sua família se preocupem com nada.

A maioria dos problemas burocráticos do imóvel são resolvidos de forma fácil e rápida, como encanamento e instalações elétricas, que estão todas dispostas de modo simples. As decisões acerca do prédio são tomadas em assembleias das quais você não precisa estar presente caso não queira.

- Maior segurança

O fator segurança tem sido um dos que mais atraem as pessoas a se mudar para um apartamento. Isso porque os vizinhos estão relativamente próximos e podem verificar se alguma coisa parecer estranha e há também a figura do porteiro.

Esse profissional contratado para se manter na portaria realiza o controle de quem entra e quem sai dentro do ambiente do condomínio, inibindo assim a ação de pessoas mal-intencionadas.

Outro fator que aumenta a segurança é o fato de que boa parte dos imóveis está a uma altura considerável do chão, o que dificulta sua tentativa de invasão por parte de algum indivíduo.

- Melhor localização

A construção de prédios se fez necessária na maioria dos grandes centros para suprir a necessidade de abrigar um maior número de pessoas em um determinado espaço. Assim, as construtoras costumam realizar a compra de terrenos mais bem localizados para valorizar seus empreendimentos.

Ou seja, a maioria dos apartamentos são construídos em locais de fácil acesso e que permitem uma melhor locomoção no centro urbano, diminuindo o tempo que se leva para ir a qualquer lugar.

- Desvantagens de um apartamento

Assim como a opção de uma casa, morar em um apartamento também tem as suas desvantagens, que devem ser levadas em consideração na hora de escolher a sua nova moradia. São elas:

- Menos privacidade

Em um imóvel como esse você terá pessoas morando do lado, em baixo e em cima, sendo que qualquer tipo de barulho produzido poderá ser ouvido pelos seus vizinhos, que podem não gostar muito.

O contrário também acontece, ou seja, você estará sujeito a ouvir o que as outras pessoas estão fazendo. Para quem preza por sua privacidade, esse pode não ser uma boa opção.

- Pensamento coletivo

Ao optar por um apartamento é preciso deixar de pensar individualmente e se tornar parte da “colmeia”. Suas necessidades e vontades terão de ser avaliadas sob o ponto de vista de outros moradores.

Por exemplo, antes de realizar uma reforma, mesmo que internamente, é preciso pedir uma permissão ao restante dos condôminos. Para se ter um bichinho de estimação também é preciso estar autorizado pelo regimento do prédio. Todos esses pontos podem pesar negativamente para um apartamento.

- Necessidade de pagar condomínio

O pagamento da taxa mensal de condomínio é visto por muitas pessoas como uma das principais desvantagens na hora de adquirir esse tipo de moradia, uma vez que, caso a compra se deu por financiamento, é mais um gasto a ser levado em consideração.

Como funciona o financiamento imobiliário?

O modo mais simples de buscar a compra da casa própria é o bom e velho financiamento, porém, muitas pessoas não sabem como ele realmente funciona. Não é muito complicado, mas algumas questões devem chamar a sua atenção.

 

O primeiro ponto é a escolha da instituição financeira na qual você buscará o financiamento de seu imóvel. Geralmente a Caixa é a que oferece as melhores taxas, mas caso você seja correntista em outro banco, é possível que consiga boas condições e aprovação facilitada.

Depois da escolha da instituição vem a análise de crédito. É preciso realizar a entrega de uma série de documentos pessoais como CPF, RG, últimos comprovantes de renda, declaração do imposto de renda e demais documentos exigidos pelo banco.

A instituição realiza consulta aos principais órgãos de crédito como Serasa e SPC com uma análise sobre a sua capacidade de pagamento, para verificar se você poderá arcar com as prestações mensais do financiamento.

Após a resposta positiva da instituição, um avaliador realizará uma visita ao imóvel para verificar se os valores praticados na proposta estão de acordo com a realidade. Com o laudo em mãos é elaborada toda a documentação e assinado os papéis de compra junto ao vendedor do imóvel. Ao final da transação basta se mudar e aproveitar a sua nova casa, lembrando de manter os pagamentos em dia para evitar dores de cabeça.

Como fazer uma negociação vantajosa?

Todos querem tirar o máximo de vantagem ao realizar a negociação de um imóvel. Quem compra quer pagar menos para adquirir sua residência e quem vende quer conseguir o melhor preço possível.

Por isso, o melhor que você tem a fazer na hora de comprar um imóvel é negociar para chegar ao melhor valor para as duas partes interessadas do negócio. Não é necessário ir com muita sede ao pote. Comprar uma casa demanda calma e tranquilidade para encontrar a melhor opção possível.

Boas oportunidades surgem a todo momento no mercado e por isso basta que você mantenha o foco e fará um bom negócio. O vendedor apresentará todas as vantagens de seu imóvel para justificar o seu preço.

Já o comprador deve pesar todas os pontos contra a residência como problemas na região em que se localiza, necessidade de reforma, valores dos imóveis próximos e semelhantes.

Com isso pode ser que você convença o vendedor a praticar um melhor preço ou até mesmo perca o interesse pelo imóvel. Como dissemos, comprar uma residência exige paciência.

Qual a melhor forma para encontrar o imóvel ideal?

Buscar por um imóvel da forma tradicional, contatando um corretor e realizando diversas visitas em um grande período de tempo, já não se encaixa mais na vida da maioria das pessoas, que estão sempre buscando otimizar suas atividades.

Esse tipo de busca acaba consumindo muita energia e você pode se cansar de tanto procurar, aceitando fazer negócio em um imóvel que talvez não seja o ideal para você.

Então, agora você deve estar se perguntando, qual a melhor forma de procurar algo que se encaixe perfeitamente pra mim? Bom, a transformação digital já chegou ao mercado imobiliário e diversas Startups estão investindo em soluções para facilitar a vida de quem busca por um imóvel, seja para a compra ou aluguel.

Uma novidade do mercado são os apps, que permitem ao usuário explorar entre diversas opções de moradias na palma de sua mão por meio de uma série de filtros.

Existem algumas pessoas que não estão ainda adaptadas ao uso de aplicativos e para isso podemos contar também com sites especializados como o Dreamcasa Imóveis.

Esse site permite que o usuário realize o acesso por um computador ou dispositivo móvel e tenha acesso a um grande número de moradias à venda ou para alugar, por temporada ou não, apartamentos ou casas, residenciais ou comerciais.

Comprar um imóvel é uma das mais importantes decisões que fazemos ao longo da vida e esperamos que este post possa ter servido como um guia para sanar boa parte de suas dúvidas acerca dessa escolha.

O que você precisa saber antes de comprar o seu imóvel

1 Visite o imóvel em horários diferentes. Verifique se ele é bem

iluminado, se é bem ventilado, qual a infraestrutura e os serviços

existentes na região.

2 Converse com os vizinhos. Pergunte se o lugar é muito barulhento

e se já houve enchente ou inundação na região.

3 Do lado de fora, observe a calçada em volta da casa para ver se

ela está rachada ou trincada. Veja se o terreno está limpo, se tem

local para escoamento de água (principalmente se o lote tiver partes

cimentadas) e se tem barrancos que precisem da construção de

muros de arrimo.

4 Veja se os muros de arrimo estão manchados, trincados ou

estufados.

5 Verifique os pontos de lançamento de esgoto e águas de chuva.

Veja se existe água empoçada ou algum obstáculo impedindo seu

escoamento. Confira se a água passa por imóveis vizinhos.

6 Procure descobrir trincas, rachaduras, infiltrações e mofo na

construção, tanto do lado de dentro quanto do lado de fora.

7 Veja se existem problemas no acabamento, como: pintura

descascada, manchada ou cheia de bolhas; azulejos e cerâmicas

quebrados ou soltos.

8 Abra todas as janelas e portas para verificar se estão funcionando

corretamente. Veja se elas apresentam marcas e outros defeitos, se

os vidros estão quebrados ou soltos. Deixe as portas e janelas

abertas por um tempo para ver se o imóvel é bem ventilado e tem

iluminação natural.

9 Veja se a água, a luz e o esgoto estão funcionando direito. Teste

todas as torneiras, chuveiros, vasos sanitários, lâmpadas e

tomadas. Olhe embaixo das pias e dos vasos para ver se não está

vazando água. Olhe também o registro da água, a caixa de fusíveis

e a caixa de gordura. Ligue e desligue tudo para ver se está

funcionando direito. Se as ligações de água e luz não tiverem sido

feitas, pergunte quanto tempo ainda vai demorar e quanto vai custar

para terminar.

10 Veja se tem tomadas em todos os quartos, na sala, na cozinha e

nos banheiros para você ligar os seus aparelhos elétricos.

11 Olhe o telhado para ter certeza de que não tem nenhuma telha

quebrada ou se tem algum problema com o madeiramento. Veja

também se tem água empoçada ou manchas de mofo. Uma telha

quebrada ou vazamento pode dar infiltrações que estragam as

paredes. Se for um apartamento no último andar, suba até a

cobertura e veja se não tem água empoçada por lá. Isso pode

causar infiltrações no seu apartamento.

12 Em áreas que são sempre molhadas, como varandas, banheiros

– inclusive o box, ou a cozinha – jogue um pouco de água para

verificar se ela escoa para o ralo sem empoçar.

13 Se tiver armários, abra todas as portas e gavetas. Veja se estão

funcionando normalmente e se não escondem algum defeito do

imóvel, como infiltrações, problemas na pintura ou assentamento de

cerâmica.

14 Exija do vendedor que conserte todos os defeitos antes de

comprar o imóvel. Se os reparos não ficarem bem feitos, desista da

compra.

15 Pergunte quem é o responsável técnico pelo projeto e pela obra

e guarde uma cópia do documento do imóvel chamado Anotação de

Responsabilidade Técnica. Se a construção foi feita sem

acompanhamento de engenheiro ou arquiteto é maior a chance de

problemas no futuro.

16 Se tiver qualquer problema causado por má construção, mesmo

após a compra e ainda que o imóvel tenha sido financiado, o

vendedor deverá fazer todos os reparos necessários.

Certamente muitos leitores já passaram pela experiência de comprar o primeiro imóvel. É comum que existam diversas dúvidas e, por conta disso, muita insegurança.

Passei recentemente pela minha primeira experiência de compra de um imóvel, onde senti tudo isso na pele. Dúvidas, desconfiança, longas negociações, simulações financeiras… Enfim, tudo aquilo que envolve uma transação de altos valores financeiros.

O importante é que procurei me preparar bastante e quero, através deste artigo, compartilhar os principais fatores que devem ser levados em conta antes de comprar um imóvel.

Por onde começar?

Certamente a primeira decisão a ser tomada é o tipo de imóvel que você quer comprar.

Geralmente, em grandes cidades, optamos por imóveis que sejam perto do trabalho, da escola dos filhos ou de ambos.

Outros não se incomodam com essa distância, contanto que o imóvel seja exatamente da forma e tamanho que eles desejam.

Há ainda aqueles que preferem uma casa, ao invés de um apartamento.

O fato é que não existe uma resposta correta. Tudo depende de diversos fatores relacionados às necessidades e anseios de cada um.

Além de decidir qual o imóvel a ser comprado, é fundamental saber quando precisará do imóvel e como vai pagar por ele.

Trata-se de um objetivo financeiro que deve ser muito bem planejado.

Como encontrar bons imóveis

Pesquise bastante. Às vezes, a ansiedade e o “papo de corretor” nos leva a tomar uma decisão precipitada.

Por isso, é necessário pesquisar bastante, conhecer as diversas opções no mercado (acredite, são muitas!) e visitar pessoalmente boa parte deles.

Existem diversos sites de busca de imóveis e há também a figura do corretor imobiliário. A maioria das grandes corretoras oferece um canal de atendimento pelo próprio site, onde posteriormente você poderá trocar e-mails com o corretor indicado.

É possível conhecer uma infinidade de opções sem sair de casa. Os corretores enviam todo o material publicitário, planta, unidades disponíveis, tabelas de preços e formas de pagamento. Tudo por e-mail.

Há também os feirões de imóveis, sendo o mais famoso deles o Feirão da Caixa.

Mesmo sem sair de casa, é possível conhecer diversos imóveis e fazer um filtro previamente, já eliminando alguns sem a necessidade de perder tempo fazendo visitas.

Melhor localização

Para escolher a melhor localização do imóvel, avalie quais atributos você mais valoriza e quais têm menos importância.

Existem pessoas que valorizam imóveis em bairros afastados para usufruir da tranquilidade, silêncio, ar puro, não se importando em gastar mais tempo no trânsito ou deslocamento até o trabalho.

Existem outras que se incomodam muito com o trânsito e por isso preferem imóveis em regiões mais centrais, mesmo que isso gere alguns transtornos.

Por isso você precisa fazer uma reflexão. O que é mais importante?

A ansiedade atrapalha bastante nessas horas e é difícil manter a razão, principalmente por conta das pressões exercidas pelos corretores, tais como “a tabela será atualizada na próxima semana”, “essas condições de pagamento eu só posso segurar até sábado” ou “existem outras duas pessoas interessadas no imóvel, temos que fechar logo”.

É necessário ter sangue frio e negociar sem pressa. Parece um jogo de pôquer, onde você não sabe se o corretor está falando a verdade ou blefando. Mas, na maioria das vezes, é blefe, ou o popular “papo de corretor”.

Outro ponto interessante está relacionado aos imóveis reservados. Muitas vezes os melhores já estão “reservados”, só restando os piores. Essa reserva, em alguns casos, pode até ser verdade, mas em muitos casos é uma técnica para tentar vender logo as opções menos interessantes.

Enfim, há uma série de coisas que precisamos ter em mente antes de negociar, pois a ânsia de garantir a compra nos faz acreditar em qualquer conversa, sem verificar várias informações pertinentes.

A aquisição de um imóvel é uma operação que envolve centenas de milhares de reais, muitas vezes a poupança de uma vida inteira.

Qualquer investimento para adquirir conhecimento nessa área é financeiramente irrelevante perto dos benefícios que podem ser alcançados.

Introdução

Todo brasileiro sonha com a casa própria. Mas, antes de realizar esse sonho, você precisa ter certeza de que está no momento certo para comprar um imóvel. Para isso, responda as perguntas abaixo:

Tenho dívidas que preciso quitar?

Tenho estabilidade no meu emprego?

Possuo um valor para dar de entrada?

Sou disciplinado o suficiente para guardar dinheiro?

Ganho o suficiente para pagar as parcelas de um financiamento?

 Já tenho reservas para pagar custos extras (documentação)?

Tenho certeza que desejo me fixar na cidade onde pretendo comprar o imóvel?

O tamanho do imóvel que desejo comprar combina com o meu salário e estilo de vida?

Além da prestação do imóvel, vou ter outras prestações altas para pagar como faculdade dos filhos, financiamento do carro, etc.?

Se a maioria das suas respostas para as perguntas acima foi “SIM”, você pode estar no momento certo para comprar um imóvel. Agora, se respondeu “NÃO” para a maioria das perguntas, talvez você deva esperar mais um pouco antes de sair do aluguel.

Depois de decidir se realmente quer comprar, defina se pretende pagar o imóvel à vista ou por meio de um financiamento, que pode gerar uma despesa fixa de até 30 anos.

Financiamento de casas

O que devo fazer antes de pedir um financiamento para comprar um imóvel?

 Faça uma poupança, guarde um bom dinheiro para dar o máximo de entrada e diminuir o número de parcelas do financiamento;

 Se possível, utilize o FGTS (Fundo Garantidor por Tempo de Serviço) para quitar o saldo devido, pois, o FGTS tem rendimento inferior a caderneta de poupança e a inflação oficial do governo (IPCA).

- Compra à vista

E se quiser pagar à vista?

Não existe nada melhor do que acumular os seus próprios recursos para comprar um imóvel, pois, além de não pagar taxas de juros, é possível conseguir um desconto na hora de pagar.

O primeiro passo é definir o valor do imóvel que você deseja comprar e depois planejar como guardar o dinheiro que irá garantir a realização do seu sonho. Nesse momento, é importante anotar todos os gastos, inclusive, o cafezinho que você toma na rua e o cinema do final de semana.

Você também pode comprar um bem usando um consórcio, onde você paga uma taxa de administração embutida nas parcelas juntamente com o seguro e a taxa de abertura de crédito. Apesar de o consórcio possuir valor inferior ao financiamento imobiliário, você fica condicionado aos sorteios para receber a carta de crédito ou a um lance com recursos próprios para antecipar a aquisição do bem.

Dica: não é todo dia que você adquire um imóvel, por isso, fique atento à documentação e à idoneidade da construtora ou pessoa de quem você pretende comprar o bem. 

Você que está a procura de um imóvel aqui, considere aluguel casas em não só como uma moradia, mas também como potencial investimento para o futuro. Sobre investimento, fique atento ao mercado de imóveis e suas centenas de oportunidades. Utilize os filtros de busca do Dreamcasa e encontre o imóvel que deseja na medida certa para você.